No âmbito dos 20 anos do curso de mestrado em Serviço Social do Instituto Superior Miguel Torga, as professoras da disciplina de Seminário de Dissertação I, da 18ª ed do mestrado,  Alcina Martins e Maria Rosa Tomé convidam a participar na Aula Aberta – Internacionalização em Casa: A Institucionalização de Crianças e Adolescentes como Medida Protetiva de Longa Permanência: Impactos e Reflexões, com a Doutora em Serviço Social ALBERTA EMÍLIA DOLORES DE GOES, a realizar no dia 15 de janeiro 2021, pelas 17h30, hora de Portugal.
Apesar de todos os avanços humanitários e marcos legais que dão sustentação a garantia de direitos de crianças e adolescentes, a institucionalização ainda vem sendo utilizada como principal medida protetiva e, às vezes, pode ter longa duração, se estendendo por toda a infância e adolescência. Nessa direção, o objetivo do debate desta Aula Aberta é problematizar a institucionalização de longa permanência a partir da apresentação da síntese dos resultados da investigação e Tese de doutoramento apresentada em 2020 à Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP): E agora José e Maria? O Encontro com a maioridade após uma vida em acolhimento institucional. Aproximações Brasil e Portugal.